O viajante improvável

Orasmin é o primeiro conto de autor português e em português, inspirado nas Mil e Uma Noites. O conto foi publicado na forma de folhetim em capítulos e saiu nos números respeitantes ao ano de 1792, do órgão português Jornal Enciclopédico, nos meses de Fevereiro a Maio inclusive. Tão longe quanto foi possível averiguar, Francisco Luiz Leal, o autor, tem sido ignorado e praticamente desconhecido, não obstante a dimensão do seu labor pedagógico com que coopera, numa metalinguagem de cariz iniciático, próprio da narrativa, para a difusão da propaganda iluminista-revolucionária oriunda da França.

Orasmin ou Loucura da Desesperação (conto oriental)

Orasmin é o primeiro conto de autor português e em português, inspirado nas Mil e Uma Noites. O conto foi publicado na forma de folhetim em capítulos e saiu nos números respeitantes ao ano de 1792, do órgão português Jornal Enciclopédico, nos meses de Fevereiro a Maio inclusive. Tão longe quanto foi possível averiguar, Francisco Luiz Leal, o autor, tem sido ignorado e praticamente desconhecido, não obstante a dimensão do seu labor pedagógico com que coopera, numa metalinguagem de cariz iniciático, próprio da narrativa, para a difusão da propaganda iluminista-revolucionária oriunda da França.

Adeus Valentina – Dnevik

Numa atmosfera intimista e cinematográfica, dominada pelo lirismo intenso da linguagem, a autora recupera a memória de um tempo, sob a forma de diálogo com Valentina, personagem que encarna um mundo à beira do fim, para onde apontam todas as alusões, designadamente, a crise dos reféns americanos em Teerão.