Paisagens com gente dentro é uma revisitação aos espaços perdidos de um tempo antigo que de tão diferentes ao olhar presente se poderá dizer que são imaginários. Sem pretensão nem proposta de modelos, a autora deixou-se guiar apenas pelo desejo de resgatar do esquecimento uma época com as suas vivências e intérpretes deixada para trás e como tal irrepetível, sortilégio comum a todos os passados e a todas as memórias.

v

Índice do livro

 

Dedicatória
Abertura 
A esfinge
Os arquivos
O Tejo
A lezíria
A charneca
Os ranchos
As searas
As colheitas
As festas
A escola
... E os caminhos
O namoro e o casamento
As diversões
Menina e moça